Secretaria Municipal de Cultura

 

Reunião discute sobre restauração do Monumento ao Imigrante

01/09/2017 16:10

Membros da equipe da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) realizaram uma reunião na manhã de sexta-feira, 1, com o vice-diretor de Comunicação da Sociedade Aliança, Martin Behrend, discutindo sobre o início do projeto de restauração do Monumento ao Imigrante, localizado dentro do clube. O encontro reforçou a parceria entre a Secult e a Aliança, a fim de preservar um dos símbolos do patrimônio histórico e cultural de Novo Hamburgo.

A reunião contou com uma visita ao Monumento, onde a equipe passou por todos os andares da torre. Nos próximos meses, a Secult desenvolverá o projeto de restauração. “A partir do laudo técnico já realizado em março deste ano, pela Prefeitura, sobre a situação da edificação, vamos iniciar o mapeamento dos danos e a proposta de restauro”, explica a arquiteta da Secult, Marina Simon.

Para Behrend, manter o Monumento é fundamental para o município. “É positivo saber que a Prefeitura está interessada em preservar o patrimônio da cidade. O Monumento representa todo um contexto histórico, onde foi construído em um momento em que a cidade queria se firmar”, comenta.

O MONUMENTO

Para homenagear o centenário da imigração alemã no Brasil, foi elaborado um projeto para construir o Monumento ao Imigrante no local que foi o lote número1 da colonização alemã em terras hamburguenses. Em 1924, foi colocada a pedra fundamental de toda a obra. O projeto foi elaborado pelo arquiteto alemão Ernest Karl Ludwig Seubert.

Já em 15 de novembro de 1927 aconteceu a inauguração oficial do Monumento, com a presença de várias autoridades do recém emancipado município. Em 2008, o Monumento ao Imigrante foi tombado como Patrimônio Histórico de Novo Hamburgo.

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar